Esqueceu sua senha?
 
 
 
 
Busca Avançada
 
 
 
Receba as notícias da
Nutrição em Pauta
em seu e-mail
 
 
 385 artigos encontrados em Entrevistas
 
 
Emagrecer é Apenas Prejuízo Calórico?
 
1) Que desafios são enfrentados  pelo profissional de saúde na batalha contra a obesidade?
Durante séculos a busca pela redução da gordura corporal faz a população mundial buscar atalhos para a pandemia da obesidade que exerce efeito devastador na saúde pública. Responsável direta ou indiretamente por mais da metade das mortes em todo o planeta e por elevar o custo social de assistência à saúde, nós ainda estamos perdendo esta batalha.

Os desafios passam pela caracterização das causas alcançando as formas de intervenção e conduta profissional. Com o acesso a informação hoje bastante democrático, os indivíduos se abastecem das “suas verdades” e enfrentam os profissionais de saúde que preservam o padrão de conselheiro do seu cliente. Essa forma tradicional de aconselhamento tem sido estudada por muitos e associada ao enfraquecimento do profissional de saúde que não mais detém o conhecimento de forma celibatária consigo.

2) Como o profissional deve conduzir seu cliente?
O primeiro passo para essa desvinculação é o empoderamento do cliente da tomada de decisão. As dietas já mostraram incompetentes nessa luta. Tendo em vista o número elevado dessas no mundo, a população obesa não para de crescer.
Inicialmente abordar a incapacidade de se manter a privação alimentar por longo período de tempo. Como disse anteriormente as dietas não cumpriram seu papel no combate a obesidade, pelo contrário geraram outros problemas da relação individuo & alimento. Podemos exemplificar os transtornos alimentares e as relações de punição quando se consome um alimento “incorreto”.

Entrando no mecanismo em si da obesidade a disputa entre nutrientes sobre a responsabilidade pelo ganho de gordura corporal é de décadas. Já foram punidos carboidratos, lipídios, proteínas, vitaminas e minerais como causadores da obesidade. O que se conseguiu nessa análise é a associação do nutriente mais eficiente na geração de gordura. Assim aquele nutriente que apresenta menor gasto calórico para ser incorporado como gordura é o lipídio.

3) Como podemos combater a obesidade?
Concluindo destaco então três pontos importantes no combate a obesidade: 1)a mudança de conduta do profissional de saúde; a 2)reprogramação da alimentação sem a “responsabilização” a um nutriente apenas e 3)a fuga das dietas e a busca pela compreensão dos mecanismos geradores da obesidade.
 

 
Autor
 
Prof. Dr. Antonio Herbert Lancha Junior
 
Prof. Titular de Nutrição da Escola de Ed. Física e Esporte da USP, Mestre e Doutor em Nutrição pela Faculdade de Ciências Farmacêuticas da USP, Pós doutorado em Medicina Interna pela Washington University, Professor Visitante do Institut National de la Recherche Agronomique-Paris, Personal and Professional Coach formado pela Sociedade Brasileira de Coaching, Wellness Coach formado pela Care Revolution.
 
 

 
Os autores estão em ordem alfabética.
 
 

 
Nossos Patrocinadores
   
 
© Copyright Nutrição em Pauta. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página
em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso.