1807 artigos encontrados em Notícias
Como um intestino saudável pode ajudar no seu bem-estar e saúde mental

Setembro amarelo é uma época para refletir sobre saúde mental. Várias são as causas que acarretam distúrbios emocionais, tais como ansiedade, irritabilidade e depressão. A realidade que encontramos hoje é triste: registra-se cada vez um aumento de casos de suicídio, principalmente entre pessoas jovens, e mais de 96% dos casos estão relacionados à transtornos mentais, dentre eles a depressão, o transtorno bipolar e abuso de substâncias. Uma alimentação saudável de forma isolada não será a solução do problema, mas ela é de extrema importância no tratamento destas pessoas, além do acompanhamento psicológico e psiquiátrico.

Qual a relação cérebro-intestino?

Muito se fala sobre a importância de ter um intestino saudável, afinal, ele é considerado o nosso segundo cérebro. Isso porque nele existem milhões de células responsáveis por coordenar tarefas digestivas e movimentos peristálticos, além de ter uma ligação direta intestino-cérebro. Todas as substâncias produzidas no intestino são encarregadas de transmitir informações para o cérebro, e vice-versa. Esse fato explica o porquê de quando estamos nervosos sentirmos dor de barriga.

Outro ponto importante a ser destacado é que os hormônios intestinais têm grande papel na produção de serotonina - neurotransmissor responsável pela felicidade e bem-estar. E por último e não menos importante, cerca de 70% das células do nosso sistema imunológico estão no intestino. Ter uma barreira intestinal saudável e íntegra é a chave para a prevenção de complicações relacionadas à saúde, e, por isso, precisamos falar sobre microbiota intestinal. Ela tem papel fundamental na manutenção da nossa saúde global, ajuda na digestão dos alimentos e nos protege de infecções.

Qual a importância de uma alimentação saudável para o intestino?

Tudo que ingerimos tem capacidade de interferir positiva ou negativamente na nossa microbiota intestinal. Dessa forma, precisamos pensar no nosso intestino como um local que precisa ser adubado com substratos de qualidade para que ele possa desempenhar suas funções de maneira correta e eficaz.  

Alimentos processados e ultraprocessados devem ficar em segundo plano, pois a maioria possui substâncias nocivas ao nosso intestino, tais como: aditivos alimentares (corantes, estabilizantes), além de grandes quantidades de açúcar, gordura e sódio. Quando consumidos em excesso, esses alimentos assumem um papel pró inflamatório no nosso organismo, causando prejuízos a curto e longo prazo.

Em contrapartida, os alimentos in natura e minimamente processados devem ser priorizados e, na maioria das vezes, podem ser consumidos sem medo (a menos que o indivíduo possua alguma reação específica a algum alimento). Frutas, legumes e verduras possuem vitaminas e minerais além de potentes antioxidantes, trazendo inúmeros benefícios a quem consome, inclusive ajudando a fortalecer a barreira intestinal. Lembre-se sempre que quanto mais variada e colorida for sua alimentação, melhor.

Por fim, sabemos que pessoas com uma alimentação pró inflamatória têm um risco aumentado de desencadear transtornos depressivos. Isso ocorre por conta do desequilíbrio da microbiota intestinal, interferindo na produção de neurotransmissores responsáveis pelo bem-estar.  Dessa forma, uma alimentação saudável e balanceada se mostra essencial para que ocorra um bom funcionamento do intestino, e, consequentemente, melhore os transtornos relacionados ao mesmo, tanto fisiológicos quanto emocionais.

Bettina Del Pino - Formada em Nutrição pela PUCRS (2016) e Pós-graduada em Nutrição Clínica e Esportiva pelo IPGS. Atende em consultório desde 2016 na área de nutrição esportiva com foco em emagrecimento por meio de uma abordagem mais comportamental. Bettina Del Pino trabalha com grupos de emagrecimento e reeducação alimentar, com o objetivo de desmistificar a ideia de dieta restritiva e evitar o terrorismo nutricional. Faz parte da equipe de Nutricionistas do Dietbox atuando na área de Customer Experience.

Júlia Sommer Canabarro - Formada em Nutrição pela Universidade Federal de Pelotas, pós-graduanda em Nutrição Clínica e Esportiva pelo IPGS, capacitada em Nutrição Hospitalar pelo HCPA. Trabalhou em clínicas de estética, e, atualmente, atende em consultório o público que busca emagrecimento por meio de reeducação alimentar e uma nutrição mais gentil e integrativa. Além disso, faz parte da equipe de Nutricionistas do Dietbox atuando na área de Customer Experience.

Contato

Endereço

Rua Cristóvão Pereira, 1626, cj 101 - Campo Belo - CEP: 04620-012 - São Paulo - SP

Email

contato@nutricaoempauta.com.br

Telefone

11 5041-9321
Whatsapp: 11 97781-0074

Nossos Patrocinadores