Esqueceu sua senha?
 
 
 
 
Busca Avançada
 
 
 
Receba as notícias da
Nutrição em Pauta
em seu e-mail
 
 
 166 artigos encontrados em Matéria da capa
 
 
Conhecimento e Consumo de Alimentos Industrializados por Usuários de um Centro de Convivência de Idosos de Itajaí, Santa Catarina
 
Knowledge And Consumption of Industrialized Food by Users of a Senior Center of Itajaí, Santa Catarina, Brazil

Palavras-chave: Alimentos industrializados, Consumo de alimentos, Centros comunitários para idosos.

Keywords: Industrialized food, Food Consumption, Senior centers.

RESUMO
Os alimentos industrializados têm baixa qualidade nutricional. São pobres em fibras e ricos em açúcares e gorduras. Este estudo teve como objetivo avaliar o conhecimento e consumo de alimentos industrializados por idosos. O conhecimento foi verificado por meio de questionário elaborado a partir do Guia Alimentar para a População Brasileira (GAPB); o consumo alimentar foi obtido pelo Formulário de Marcadores do Consumo Alimentar, adaptado do Ministério da Saúde. Dos 90 idosos avaliados, 63% relataram saber o que são alimentos industrializados, contudo, não sabiam explicar. Ainda, observou-se baixo consumo de industrializados entre o grupo. O GAPB foi elaborado com o intuito de promover saúde. Mas, com os resultados da pesquisa, percebeu-se que ele não tem chegado à população. Diante disso, cabe aos profissionais de saúde que atuam nas áreas de saúde coletiva e assistência social, a introdução do assunto por meio de estratégias de educação alimentar e nutricional.

ABSTRACT
Industrialized foods have low nutritional quality. They have low fiber and high sugar and fat. This study aimed to evaluate the knowledge and consumption of industrialized food among elders. The knowledge was verified through a questionnaire elaborated from the Food Guide to Brazilian Population (GABP); the food consumption was obtained by food consumption markers formulary, adapted from the Health Ministery of Brazil. From the 90 elders interviwed 63% related to know what is industrialized, although, they did not know to explain. It was observed low consumption of industrialized food between the groups. The GAPB was elaborated aiming health promotion. However, based on this results, was verified that its information isn’t reaching the population. In face of that, the professionals acting on public health and social assistance may introduce the subject by strategies of food and nutritional education.

 

 
Autores
 
Alexandra C C Santos; Sarah B S Alves
 
Acadêmicas do Curso de Nutrição da UNIVALI
 
 
Profa. Dra. Cristina Henschel de Matos
 
nutricionista graduada pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Mestre em Engenharia de Produção pela UFSC, Docente e pesquisadora do Curso de Nutrição da UNIVALI, SC.
 
 
Profa. Dra. Elisabeth Barth Almeida
 
Nutricionista, Mestre em Turismo e Hotelaria, Docente e Pesquisadora do Curso de Nutrição da UNIVALI
 
 
Profa. Dra. Rosana Henn
 
Nutricionista, Mestre em Ciência dos Alimentos - UFSC, Docente e Pesquisadora do Curso de Nutrição, UNIVALI
 
 

 
Os autores estão em ordem alfabética.

Este artigo é um resumo. O artigo em sua íntegra pode ser encontrado na revista Nutrição em Pauta, edição Dez/2018
 
Conteúdo Exclusivo para Assinantes
 
Este artigo possui a versão completa disponível no site. Se você possui uma senha de acesso preencha os campos do ítem Assinantes na parte esquerda do site.

Se você é um assinante da revista Nutrição em Pauta e não possui senha solicite já! Basta preencher os campos ao lado que enviamos
sua senha!
Solicite sua Senha
 
Nome Completo
 
E-mail CPF

 
 
 

 
Nossos Patrocinadores
   
 
© Copyright Nutrição em Pauta. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página
em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso.