Esqueceu sua senha?
 
 
 
 
Busca Avançada
 
 
 
Receba as notícias da
Nutrição em Pauta
em seu e-mail
 
 
 385 artigos encontrados em Entrevistas
 
 
Está mais difícil emagrecer depois dos 30? Acelere o metabolismo!
 
Especialista destaca que cerca de 80% da taxa metabólica é determinada geneticamente e os outros 20% estão relacionados a fatores como alimentação, regularidade das refeições, ingestão de água e tecido muscular.
 
1) Após os trinta anos  fica mais difícil manter o peso?
Quem já passou dos 30 anos de idade, provavelmente, já deve ter notado algumas alterações no organismo como, por exemplo, uma maior dificuldade em perder peso. Por mais que o indivíduo ‘feche a boca’ e elimine doces e gorduras da dieta, parece que aqueles ‘quilinhos’ indesejados não são eliminados com facilidade.

E isso realmente é verdade. É comum que a partir dessa faixa etária comecem a ocorrer algumas mudanças no ritmo do metabolismo, se tornando  mais lento. “A partir dos 25 anos, o metabolismo começa a desacelerar e gastar menos energia nas atividades do dia a dia, o que contribui para o aumento de peso. A dificuldade em perder peso nas mulheres também está relacionada à redução gradativa da produção hormonal”, Cerca de 80% da taxa metabólica é determinada geneticamente e os outros 20% estão relacionados a fatores como alimentação, regularidade das refeições, ingestão de água e tecido muscular.
 
2) Como pode ser definido o metabolismo?
“O metabolismo é definido como um conjunto de transformações que ocorrem com os nutrientes e substâncias químicas no nosso organismo. É a partir de seu funcionamento que será definida a taxa de queima de gordura. Por isso, é importante não pular refeições, beber água com frequência e promover uma reeducação alimentar a fim de evitar a obesidade. À medida que a idade aumenta, o organismo vai sofrendo uma série de mudanças. Porém, culpar apenas o desempenho do metabolismo é um erro. Para manter a saúde em dia e evitar um caso de obesidade, por exemplo, é necessário adotar alguns cuidados.

3) Que Cuidados devem ser adotados para evitar a obesidade?
  • Alimentar-se várias vezes ao dia. Desta forma, o organismo terá de trabalhar mais para processar os alimentos;
  • Evitar o consumo de alimentos gordurosos e ricos em açúcares. Optar pelos alimentos ricos em fibras, que melhoram o funcionamento do intestino;
  • Praticar exercícios, principalmente os aeróbicos e,
  • Evitar dietas rígidas e restritivas.
Ao notar alterações no sistema digestivo, incluindo o mau funcionamento do intestino, é fundamental consultar um gastroenterologista e também um nutricionista para obter uma orientação assertiva e tratar o problema de forma correta.
 

 
Autor
 
Dra. Catia Rejânia Ribeiro de Melo
 
Médica do Núcleo de Gastroenterologia do Hospital Samaritano de São Paulo.
 
 

 
Os autores estão em ordem alfabética.
 
 

 
Nossos Patrocinadores
   
 
© Copyright Nutrição em Pauta. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página
em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso.