Esqueceu sua senha?
 
 
 
 
Busca Avançada
 
 
 
Receba as notícias da
Nutrição em Pauta
em seu e-mail
 
 
 110 artigos encontrados em Saúde pública
 
 
Insegurança Alimentar em Comunidades Quilombolas: uma revisão.
 

Food Insecurity in Quilombolas Communities: a review.

Palavras-chave: Populações vulneráveis, segurança alimentar e nutricional, qualidade de vida, Brasil.
Keywords: Vulnerable populations, Food and Nutrition security, quality of Life, Brazil

RESUMO: O presente artigo se trata de uma revisão da literatura científica nas bases de dados on-line/portais de pesquisa: Scielo, LILACS, Academic OneFile e BIREME entre os anos de 2004 a 2014, sobre a insegurança alimentar em comunidades quilombolas. A amostra foi composta por um escopo final de 22 artigos. Nos estudos selecionados, evidenciou-se que o assunto e as pesquisas voltadas a Insegurança Alimentar em Comunidades Quilombolas são muito recentes, contudo, de elevada importância na melhoria da qualidade de vida destas populações, pelo fato de ser notável a existência de uma taxa significativa de insegurança alimentar no Brasil, quando se diz respeito a essas comunidades. Portanto, é de grande valia o desenvolvimento de ações que favoreçam a redução da presente Insegurança Alimentar (SA) por meio da ampliação da produção de alimentos para autoconsumo, um adequado acesso a saneamento básico, e utilização de ferramentas de promoção da saúde voltadas a essas comunidades.

ABSTRAT: This article is a review of the scientific literature based on the following data bases: SCIELO, LILACS, ACADEMIC ONE FILE and BIREME, between the years 2004 – 2014, on food insecurity in Quilombo Communities. The sample consisted of a final scope of 22 articles. In the selected studies, it became clear that the subject and the researches aimed to Food Insecurity in Quilombo Communities are very recent, but on the other hand of great importance in improving the quality of life of these people, because it is remarkable that there is a significant rate of Food Insecurity in Brazil, when it comes to these communities. Therefore, it is valuable to develop actions that promote the reduction of this Food Insecurity by increasing the production of food for own consumption, having access to basic sanitation and using health promotion tools directed to these communities.

Recebido – 24/3/2015 aprovado – 15/6/2015

 

 
Autores
 
Edelves Plícia Leal Borges da Silva
 
Acadêmica do Curso de Bacharel em Nutrição da Faculdade de Ciências e Tecnologia do Maranhão – FACEMA, Caxias, MA, Brasil
 
 
Flávia da Conceição Moura
 
Acadêmica do Curso de Bacharel em Nutrição da Faculdade de Ciências e Tecnologia do Maranhão – FACEMA, Caxias, MA, Brasil.
 
 
Loane Thalyta Batista Araújo
 
Acadêmicas do Curso de Bacharel em Nutrição da Faculdade de Ciências e Tecnologia do Maranhão – FACEMA, Caxias, MA, Brasil.
 
 
Profa. Dra. Daniele Rodrigues Carvalho Caldas
 
Nutricionista, Mestre em Alimentos e Nutrição/UFPI, docente TP do Curso de Bacharelado em Nutrição da Faculdade de Ciências e Tecnologia do Maranhão – FACEMA, Caxias, MA, Brasil.
 
 
Profa. Dra. Liejy Agnes Santos Raposo Landim
 
Nutricionista, Mestre em Alimentos e Nutrição/UFPI, docente TP do Curso de Bacharelado em Nutrição da Faculdade de Ciências e Tecnologia do Maranhão – FACEMA, Caxias, MA, Brasil.
 
 

 
Os autores estão em ordem alfabética.

Este artigo é um resumo. O artigo em sua íntegra pode ser encontrado na revista Nutrição em Pauta, edição Jun/2015
 
 

 
Nossos Patrocinadores
   
 
© Copyright Nutrição em Pauta. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página
em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso.