Esqueceu sua senha?
 
 
 
 
Busca Avançada
 
 
 
Receba as notícias da
Nutrição em Pauta
em seu e-mail
 
 
 145 artigos encontrados em Gastronomia
 
 
Análise Bromatológica do “Chocolate de Quiabo” Consumido no Interior do Maranhão
 
Bromatologic Analysis of the “Okra Chocolate” Consumed in the Countryside of Maranhão

palavras-chave: babaçu; quiabo; valor nutricional.

keywords: babassu; okra; nutricional value.

resumo

O chocolate de quiabo é uma receita regional que tem por base a semente do quiabo (Abelmoschus esculentus) e o leite do babaçu (Orbignya spp), sendo um alimento bastante consumido na região da Baixada Maranhense. O estudo teve como objetivo determinar os teores de macronutrientes (carboidrato, lipídio e proteína) e micronutrientes do mesmo (cálcio e ferro). As análises foram realizadas de forma triplicata, em um Laboratório de Bromatologia da cidade de São Luís do Maranhão, no período de agosto a setembro de 2010, segundo os métodos do Instituto Adolf Lutz (IAL, 2005). Os resultados encontrados mostram que o alimento possui: proteína (1,00%), lipídios (0,96%), carboidrato (5,60%), cinzas (0,40%), resíduo seco (8,00%), cálcio (45,00 mg), ferro (1,00 mg) e valor calórico (35 kcal). Conclui-se que este alimento pode ser uma fonte importante de nutrientes para a população maranhense, caso seja consumido de maneira adequada.

abstract

The okra chocolate is a regional recipe based on the okra seed (Abelmoschus esculentus) and the babassu milk (Orbignya spp), being quite consumed at the Baixada Maranhense. The goal of study was to determinate the content of macronutrients and micronutrients of this food (calcium and iron). The analysis had been made in triple form, in a Bromatology laboratory located in São Luís-MA, by the time of August until September of 2010, according to Institute Adolf Lutz methods (IAL, 2005). The results show that the food have: protein (1,00%), lipids (0,96%), carbohydrate (5,60%), ashes (0,40%), dry residue ( 8,00%), calcium (45,00 mg), iron (1,00 mg) and  caloric value (35 kcal). The conclusion is that this food can be an important source of nutrients to the local people if consumed in an appropriate manner.
 

 
Autores
 
Dr. Abrahão Limeira de Oliveira
 
Nutricionista, Especialista em Tecnologia de Alimentos – Universidade Federal do Maranhão.
 
 
Dra. Mariana Santos Lobato
 
Nutricionista, Especializanda em Vigilância Sanitária dos Alimentos-Universidade Estadual do Maranhão
 
 

 
Os autores estão em ordem alfabética.

Este artigo eletrônico é um resumo. O artigo eletrônico em sua íntegra pode ser encontrado na revista Nutrição em Pauta, edição eletrônica de Mar/2012
 
Conteúdo Exclusivo para Assinantes
 
Este artigo possui a versão completa disponível no site. Se você possui uma senha de acesso preencha os campos do ítem Assinantes na parte esquerda do site.

Se você é um assinante da revista Nutrição em Pauta e não possui senha solicite já! Basta preencher os campos ao lado que enviamos
sua senha!
Solicite sua Senha
 
Nome Completo
 
E-mail CPF

 
 
 

 
Nossos Patrocinadores
   
 
© Copyright Nutrição em Pauta. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página
em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso.