Esqueceu sua senha?
 
 
 
 
Busca Avançada
 
 
 
Receba as notícias da
Nutrição em Pauta
em seu e-mail
 
 
 385 artigos encontrados em Entrevistas
 
 
Brasileiros abusam do refrigerante - Quantidade excessiva de refrigerante prejudica a saúde
 
1) Quais são os malefícios deste abuso e como deixar esse hábito de lado?  
A preferência pelo refrigerante atinge a população brasileira cada dia mais. Segundo dados do Ministério da Saúde, 30% das pessoas consomem a bebida ao menos cinco vezes por semana, sendo que a maioria exagera na quantidade. Qualquer tipo de refrigerante é prejudicial à saúde, seja ele light, diet ou comum. A diferença está na matéria-prima que adoça a bebida. Os light e diet possuem um alto teor de adoçante, que aumenta a pressão arterial, causa inchaço do abdômen e produção de gases. Já os comuns, concentram muito açúcar e provocam o ganho da gordura abdominal e o risco da pessoa desenvolver diabetes.
 
É importante avaliar a quantidade de refrigerante ingerido para verificar se já não se tornou um mau hábito ou até mesmo um vício. Muitas pessoas tomam refrigerante ao invés de água quando estão com sede, e perdem os benefícios que ela traz à saúde, como por exemplo, o funcionamento melhor do intestino e hidratação da pele. Nestes casos, é preciso ter a consciência do problema para poder criar hábitos mais saudáveis, e ir substituindo o refrigerante, aos poucos, por sucos naturais, água, chás e água de coco.
 
2)  Como deve ser a orientação nutricional para a mudança de hábito?
Essa mudança é difícil no início e, às vezes, é necessário o acompanhamento de um profissional de nutrição para auxiliar no cardápio, além do apoio da família, incluindo frutas após as refeições. Esta atitude ajusta a quantidade de açúcar no organismo e pode substituir aquela vontade por comer um doce. Outra dica é aliar esta sugestão aos exercícios físicos. Tudo em prol de uma vida mais saudável.

Sobre o Sepaco - Sistema Integrado de Saúde
 O Sepaco, fundado em 1956, inicialmente para atender o setor papeleiro, transformou-se em um Sistema Integrado de Saúde, agregando hospital, operadoras de saúde e unidades.
 
Pioneiro no controle de infecção hospitalar no Brasil, o hospital Sepaco atualmente também atende operadoras de saúde, assim como clientes particulares.
 
Focado em altas complexidades, o hospital está localizado na Vila Mariana, São Paulo, e possui 225 leitos, sendo 65 de UTI (40 para adultos e 25 Neo-Pediátrica), um corpo clínico com sólida formação profissional em várias especialidades, além de contar com modernos equipamentos para diagnósticos, como tomografia, hemodinâmica e uma área própria para oncologia.
 
Para realização de pequenas cirurgias, com alta no mesmo dia, a instituição oferece ainda o Hospital Dia Sepaco, na região do Jardim Paulista, São Paulo/SP.
Acesse: www.sepaco.org.br
 

 
Autor
 
Dra. Juliana Martins
 
Nutricionista do Hospital Sepaco.
 
 

 
Os autores estão em ordem alfabética.
 
 

 
Nossos Patrocinadores
   
 
© Copyright Nutrição em Pauta. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página
em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso.