Esqueceu sua senha?
 
 
 
 
Busca Avançada
 
 
 
Receba as notícias da
Nutrição em Pauta
em seu e-mail
 
 
 142 artigos encontrados em Nutrição e Pediatria
 
 
Ingestão de alimentos denso-energéticos e comportamento sedentário de lazer entre adolescentes do sexo feminino – Hábitos Saudáveis Meninas Saudáveis -Brasil
 
Energy-dense food intake and leisure sedentary behavior among adolescent girls – “Healthy Habits, Healthy Girls – Brazil”

Palavras-chaves:
Adolescentes, consumo alimentar, estilo de vida sedentário, alimentos industrializados
Keywords: Adolescents, food consumption, sedentary lifestyle, industrialized foods.

RESUMO

Introdução: Tempo despendido em comportamentos sedentários parece estar associado ao consumo alimentar inadequado entre adolescentes. Objetivo: Avaliar a associação entre consumo de alimentos denso-energéticos, reduzidos em nutrientes e tempo de tela entre adolescentes. Métodos: Dados da linha de base de um ensaio escolar randomizado controlado com 253 meninas de escolas públicas de São Paulo. A ingestão dietética e o tempo na frente da televisão e computadores foram avaliados por questionários validados e reproduzidos. Estatística descritiva e teste t-independente foram utilizados para verificar associações com nível de significância de 5%. Resultados: Adolescentes com média de idade 15,37 (erro-padrão 0,13) anos foram incluídas no estudo. Dentre os alimentos que apresentaram diferenças significantes com o tempo superior a duas horas na frente da TV e computador foram refrigerantes, hambúrgueres, embutidos, pizza e salgado de pacote. Conclusão: Consumo de alimentos denso-energéticos pelas adolescentes associou-se com maior tempo na frente das telas.

ABSTRACT

Introduction: Time spent on sedentary activities might be associated with inadequate diet in adolescents. Objective: To assess the association between energy-dense, nutrient-poor items and screen-time in adolescents. Methods: Data from baseline of a school-based randomized controlled trial with 253 girls from public schools in São Paulo. Diet intake and TV and computer time were assessed through validated and reproducibility questionnaires. Descriptive statistic and independent t-test were used to verify associates with significant level of 5%. Results: Adolescents with mean age 15.37 (standard-error 0.13) years were included in the study. Among the food items that showed significant differences with more than 2hours/day in front of TV and computer were soft drinks, hamburgers, cold cuts, pizza and packaged salty snacks. Conclusion: Girls energy-dense food intake associated with an increase time spent on the screens.

Recebido – 26/4/2016        Aprovado-  7/3/2017
 

 
Autores
 
Dra. Ana Carolina Barco Leme
 
Mestre, Doutoranda em Nutrição em Saúde Pública pela Faculdade de Saúde Pública da USP
 
 
Letícia Mucci da Conceição
 
Aluna de graduação de Nutrição da Faculdade de Saúde Pública, USP.
 
 
Profa. Dra Sonia Tucunduva Philippi
 
Docente e pesquisadora do Departamento de Nutrição da Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo.
 
 

 
Os autores estão em ordem alfabética.

Este artigo é um resumo. O artigo em sua íntegra pode ser encontrado na revista Nutrição em Pauta, edição Abril/2017
 
Conteúdo Exclusivo para Assinantes
 
Este artigo possui a versão completa disponível no site. Se você possui uma senha de acesso preencha os campos do ítem Assinantes na parte esquerda do site.

Se você é um assinante da revista Nutrição em Pauta e não possui senha solicite já! Basta preencher os campos ao lado que enviamos
sua senha!
Solicite sua Senha
 
Nome Completo
 
E-mail CPF

 
 
 

 
Nossos Patrocinadores
   
 
© Copyright Nutrição em Pauta. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página
em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso.