Esqueceu sua senha?
 
 
 
 
Busca Avançada
 
 
 
Receba as notícias da
Nutrição em Pauta
em seu e-mail
 
 
 113 artigos encontrados em Nutrição Hospitalar
 
 
Interações entre Drogas e Nutrientes
 
As interações entre drogas e nutrientes começaram a ser estudadas de forma mais profunda na década de 60, embora este estudo em nosso país esteja sendo realizado de forma tímida.

Sabemos que a eficácia terapêutica e a toxidade dos medicamentos estão diretamente relacionados `a sua interação com os alimentos e/ou nutrientes. Tanto os alimentos quanto os medicamentos para serem utilizados, devem atravessar barreiras constituídas por membranas celulares. Quando a substância é utilizada por via oral, é necessário que primeiramente atravesse o epitélio do trato gastrointestinal e, uma vez no sangue, é necessário que passe por outras membranas para chegar ao local de ação ou de utilização.

Apesar de que possam existir diferenças entre as barreiras, o caminho das substâncias através delas apresenta características comuns, já que, geralmente, as substâncias passam através das células e não entre elas.
Infelizmente a falta de eficácia do medicamento e os efeitos nutricionais indesejáveis estão no nosso dia-dia e, poderiam ser previsíveis e evitáveis, se houvesse conhecimento do assunto por todos os membros da equipe de saúde.

Entre os efeitos da interação podemos encontrar a ineficácia da droga, o nutriente causando efeito adverso sobre a biodisponibilidade do medicamento, as reações medicamentosas adversas por incompatibilidade entre nutrientes e medicamentos e, o medicamento podendo causar deficiências nutricionais e efeitos colaterais que, em segunda intenção, também afetarão o estado nutricional do indivíduo.

A magnitude da interação depende da natureza física e química do medicamento, da formulação na qual o alimento é administrado, do tipo e volume da refeição, da ordem da ingestão dos alimentos e medicamentos, do intervalo de tempo entre a alimentação e a administração do medicamento, da concentração e tempo de uso da droga, da idade e do estado nutricional do paciente, da existência ou não de doenças crônicas. Esta interação pode ocorrer ao nível intraluminal, por captação de nutrientes no lúmen (transporte para a mucosa intestinal), ao nível de pós-absorção e de excreção.
 

 
Autor
 
Dra. Nelzir Trindade Reis
 
Nutricionista, Médica, Livre-docente em nutrição clínica, Professora adjunto da Universidade Gama Filho, Acadêmica Titular da Academia Brasileira de Administração Hospitalar
 
 

 
Os autores estão em ordem alfabética.

Este artigo é um resumo. O artigo em sua íntegra pode ser encontrado na revista Nutrição em Pauta, edição Nov/Dez/1999
 
 

 
Nossos Patrocinadores
   
 
© Copyright Nutrição em Pauta. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página
em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso.