Esqueceu sua senha?
 
 
 
 
Busca Avançada
 
 
 
Receba as notícias da
Nutrição em Pauta
em seu e-mail
 
 
 131 artigos encontrados em Nutrição Hospitalar
 
 
Licopeno e Câncer de Próstata
 
O licopeno é um carotenóide hidrocarbonado (C40H56) que tem recebido grande atenção recentemente devido ao seu possível potencial de prevenção do câncer de próstata e das doenças cardiovasculares (Arab & Steck, 2000).

Trata-se de um pigmento lipossolúvel, capaz de conferir a cor vermelha aos tomates, melancia, mamão, goiaba e outros alimentos (Krinsky, 1998), além de ser um potente antioxidante, interagindo com espécies reativas de oxigênio como peróxido de hidrogênio e dióxido de nitrogênio (Hadley, 2002). Estudos têm demonstrado potencial de prevenção oxidativo das lipoproteínas e DNA, além da possível habilidade de inibir a síntese do colesterol e aumentar a degradação do LDL-colesterol (Arab & Steck, 2000; Weisburger, 1998).

Devido a sua estrutura altamente conjugada o licopeno é particularmente sujeito a degradação oxidativa e a isomerização cis-trans, sendo esta induzida pela luz, energia térmica ou reações químicas (Hadley et al, 2002). A configuração trans é mais estável termodinamicamente porém é pobremente absorvida. Acredita-se que o processamento no calor induza a isomerização do licopeno para a forma cis, aumentando a sua biodisponibilidade e absorção após liberação dos carotenóides do compartimento intracelular (Rao & Agarwal, 2000; Cohen, 2002). Pouco se sabe ainda sobre os mecanismos de absorção, metabolização e distribuição do licopeno dietético (Arab & Steck, 2000).

As principais fontes desse carotenóide são tomates e derivados incluindo o catchup, suco de tomate e molho de tomate, dentre outros. Cabe ressaltar a maior absorção dos alimentos pós-cozimento e sobretudo quando veiculados em meio oleoso, como o molho de tomate.


 

 
Autores
 
Dra. Maria Natacha Toral Bertolin
 
Nutricionistas da Nutrociência Assessoria em Nutrologia SC Ltda., Especializandas em Adolescência para Equipes Multidisciplinares, Pediatria, Universidade Federal de São Paulo.
 
 
Dra. Márcio Gianello
 
Médico Urologista, Universidade Federal de São Paulo/EPM
 
 
Profa. Dra. Luana Caroline dos Santos
 
Nutricionista, Mestre e Doutora em Saúde Pública pela Universidade de São Paulo. Professora da Graduação em Nutrição e da Pós-graduação em Enfermagem e Saúde da UFMG. Grupo de Intervenções em Nutrição (GIN) da UFMG.
 
 

 
Os autores estão em ordem alfabética.

Este artigo é um resumo. O artigo em sua íntegra pode ser encontrado na revista Nutrição em Pauta, edição Jul/Ago/2003
 
 

 
Nossos Patrocinadores
   
 
© Copyright Nutrição em Pauta. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página
em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso.